hello world!
Published: 19/04/2021

Pare de Fazer Essas 7 Coisas Ou Elas Acabarão Com Sua Vida

Olá, aqui é o Matheus Santana do zona de progresso e Marco Aurélio, um antigo e poderoso imperador de Roma teve acesso a todas as riquezas do país, porém devido a sua posição como imperador, ele também tinha que carregar um fardo muito grande nas costas, a responsabilidade de liderar todo o império.

Com isso durante toda sua vida ele enfrentou desafios e situações tão aterrorizantes que fariam a maioria dos homens desmoronar sob tal pressão, um dos exemplos foi a perda constante de entes queridos durante sua trajetória, começando pelos seus pais depois a esposa e até vários filhos.

Sem contar o fato de ter testemunhado os efeitos devastadores de pragas, doenças, fome e da própria guerra, mas como será que ele conseguiu absorver o impacto de tudo isso e sobreviver? Dentre várias formas, a principal delas foi parando de fazer essas coisas que listarei a seguir, pois muitas vezes melhor do que saber o que fazer é saber o que não se deve fazer, então vamos lá.

Um, pare de se importar tanto com a opinião dos outros, nunca deixo de me surpreender, todos nós nos amamos mais do que os outros, mas nos importamos mais com a opinião deles do que com a nossa.

Nosso desejo de ser querido pelas outras pessoas provavelmente vem de um medo profundo de ser abandonado, na era paleolítica ser abandonado significaria morte na certa, então ser querido era uma técnica muito útil de sobrevivência, você pode notar esse comportamento nos cachorros também, eles são animais que instintivamente preferem andar em bando e por isso temem ficar sozinhos. Não é a toa que eles meio que choram quando o dono sai de casa.

Mas apesar desse nosso instinto ter sido muito importante naquela época, não há razão lógica para temermos ser abandonados e na maioria das vezes nossa vida não está em perigo quando alguém não gosta ou fala mal da gente, afinal existem mais de sete bilhões de pessoas no mundo que você pode tentar cultivar um bom relacionamento.

No fim o mais importante não é o que eles pensam sobre você, mas sim sobre o que você pensa sobre si mesmo.

Dois, pare de se intrometer na vida dos outros, nada é mais patético do que as pessoas que andam em círculos investigando as almas dos outros ao seu redor, nunca percebendo que tudo o que precisa ser feito é estar atento ao poder dentro de si e ao prezar sinceramente.

Por que você fica tão preocupado com os problemas dos outros? Você tem esse comportamento com a intenção de realmente ajudar ou está apenas se distraindo de seus próprios problemas? É claro, se eles precisarem de ajuda, mas se não quiserem ser ajudados e não estão dispostos a mudar, que assim seja.

Tenha você como foco principal e se comprometa a fazer pelo menos uma coisa todos os dias que te ajudará a se tornar uma pessoa melhor do que o dia anterior, foque na sua própria vida, no seu trabalho, na sua família e no exemplo que você irá passar ao se dedicar com excelência em tudo que fizer.

Três, pare de buscar apenas prazer e comece a buscar propósito, e por qual motivo você nasceu? Por puro prazer? Observe se a resposta vai suportar esse questionamento.

O prazer nos dias de hoje tem sido cada vez mais super valorizado, sem dúvidas essa é a coisa mais buscada pela maioria das pessoas, mas isso tem um preço, o preço de seus receptores de prazer ficarem totalmente sobrecarregados.

Perceba como vivemos hoje, nós nos sentamos confortavelmente em uma cadeira fofa e num ambiente com a temperatura controlada, pedimos fast food pelo aplicativo e aguardamos alguns minutos para ser entregue em nossas casas, enquanto isso ficamos vendo as redes sociais vendo as novidades do dia e postando as melhores fotos possíveis.

Assim como um alcoólatra, estamos sempre sedentos pelo próximo gole de prazer momentâneo que a cada dose se torna menos prazeroso, o que nos faz tomar ainda mais na próxima vez.

Para contra balancear esse ambiente que tende a nos trazer tantos prazeres momentâneos, você pode focar a maior parte do seu tempo em coisas que te tragam realização e satisfação pessoal.

Coisas que te façam se sentir útil e que com o passar do tempo te façam perceber que você contribuiu mais do que custou para o mundo, você não sabe por onde começar eu tenho uma ideia.

Foque em ajudar pessoas, o prazer de fazer isso é imenso e pode até viciar, mas vamos combinar, esse é um vício bom de se ter.

Quatro, pare de encher sua mente com lixo, a alma se tinge com a cor de seus pensamentos. Se a alma se tinge com a cor dos seus pensamentos, então imagina só o que o hábito de assistir notícias negativas em excesso faz com sua mente.

Já parou para notar como você ficou se sentindo logo após ler as últimas notícias? Principalmente agora né, já que estamos vivendo uma pandemia, mas não é só nesse momento em particular que os noticiários estão assustadores, na realidade eles sempre foram assim, tanto que no momento que essa pandemia chegar ao fim, eles voltarão a dar foco em todas aquelas coisas que estamos acostumados a ver como mortes, assassinatos, miséria, injustiça, ganância e tudo o que há de pior no mundo, isso distorce completamente sua percepção da realidade e te faz entrar num estado depressivo e ansioso com muita facilidade.

Tendemos a achar que as dificuldades, os problemas e as catástrofes que estamos passando agora é algo único no qual só nós estamos tendo o azar de passar, mas não, basta olharmos para trás e poderemos perceber o tamanho da melhora que tivemos em nossa qualidade de vida no geral e do quanto as pessoas do passado passaram por problemas até maiores do que os nossos.

Imagina como deve ter sido viver em uma época onde as pessoas estavam no meio de uma guerra mundial, onde você via seus amigos ou seus parentes indo para uma guerra com uma alta probabilidade de não voltarem vivos. Sem contar o medo de ver sua cidade, seu país e tudo aquilo que construiu virar cinzas, ou então o desespero de pais que precisavam encontrar forças para suportar a triste probabilidade de ter um a cada quatro filhos mortos prematuramente por falta dos recursos tecnológico que temos hoje.

Parece um cenário bem mais difícil do que o de agora, você pode se informar sobre o que está acontecendo no mundo, inclusive sobre as coisas ruins, mas por favor, não esqueça de ser grato pelas coisas maravilhosas que temos acesso hoje.

Cinco, pare de se preocupar com o futuro, nunca deixe o futuro perturbá-lo você vai encontrá-lo se tiver com as mesmas armas da razão que hoje te armam contra o presente.

É fácil se sentir dominado pelo medo do desconhecido, principalmente quando você planeja começar algo, mas ainda não deu o primeiro passo, é realmente muito difícil lidar com a quantidade de questionamentos e duvidas que surgem na mente.

Geralmente essa preocupação se dá pelo medo causado pelo fato do sujeito não conseguir enxergar quais serão os próximos passos ou em que direção deve seguir com sua vida ou seus projetos.

Um doutor chamado Drew Pinsky conta que sofreu muito com ataques de pânico quando estava cursando a faculdade de medicina, isso porque ele se sentia altamente sobrecarregado ao imaginar os quilômetros que ainda restavam pela frente. A solução que ele encontrou para lidar com esse problema foi a seguinte, ele se imaginou construindo uma casa de tijolos e ao invés de se preocupar com as etapas finais como telhado ou acabamento, que metaforicamente era exatamente o que ele estava fazendo naquela fase da sua vida, ele dividiu sua trajetória na faculdade em etapas, da mesma forma que a construção de uma casa é dividida, começando com assentamento dos tijolos e terminando com a pintura da casa.

Você pode tentar fazer a mesma coisa, isso o ajudará a ganhar clareza e tudo o que precisará fazer é focar apenas no próximo passo um tijolo de cada vez.

Seis, pare de se comparar com os outros. Trate o que você não tem como se não existisse, olhe para o que você tem, as coisas que você mais valoriza e pense no quanto você gostaria de conquistá-la se você não as tivesse. Mas tenha cuidado, não sinta tanta satisfação a ponto de super valorizá-las.

Em um mundo completamente conectado ao Facebook, Instagram e até ao Youtube é realmente muito desafiador não se comparar com alguém principalmente com aqueles que gostam de ostentar e exibir suas posses.

Se você perceber que em algum momento está se sentindo mal pelo fato do outro ter mais do que você, mude imediatamente o seu foco para as coisas que você já possui, não importa o quão pequenas ou simples sejam, tudo bem, você não precisa se conformar com elas, mas ao mesmo tempo não pode se permitir cair na armadilha da ingratidão, pois ela inevitavelmente leva à infelicidade.

Se não conseguir fazer isso através da mudança de pensamentos, então faça através da escrita. Se obrigue a identificar pelo menos dez motivos para ser grato agora, isso com certeza vai te fazer se sentir melhor instantaneamente.

Sete, pare de procrastinar as coisas que são mais importantes. Mesmo que você viva três mil anos, ou trinta mil anos que seja, lembre-se você não pode perder outra vida além dessa que está vivendo agora ou viver outra além da que está perdendo.

Cada vez que você procrastina ou desiste de algo importante, um pedaço de você deixa de existir no futuro. A maioria das pessoas vive a vida como se ainda tivesse mil anos pela frente, sim, elas no fundo sabem que vão morrer dentro de algumas décadas, mas suas atitudes não refletem esse entendimento, mas no momento que se conscientizarem que a vida é um piscar de olhos, elas criarão um senso de urgência necessário para não se darem mais o luxo de procrastinar as coisas mais importantes de suas vidas e realizarem seus sonhos.

Inclusive espero que você faça o mesmo, pois se não se conscientizar disso o quanto antes, quando menos esperar poderá ser tarde demais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright 2020 OxyMade Designs. All rights reserved. Made with 🖤 by OxyMade.
crossmenu