hello world!
Published: 19/04/2021

O Hábito Mestre Mais Poderoso de Todos (Bilionários Adoram)

Neste texto vou falar sobre o hábito mestre mais poderoso que existe na minha opinião e o fato de eu estar chamando ele de mestre é porque esse único hábito tem a capacidade de desencadear vários outros hábitos produtivos, como um efeito cascata.

Seu poder é tanto que ele por si só consegue ajudar as pessoas a saírem da miséria, da ignorância e da prisão mental que vivem, sim, eu estou me referindo ao hábito da leitura de livros.

Pode parecer algo simples e até natural para você caso já tenha esse hábito e para mim também é, mas para a imensa maioria dos brasileiros não, pois as estatísticas indicam que em média as pessoas que leem quatro vírgula noventa e seis livros por ano, mas não para por aí, destes quatro vírgula noventa e seis, apenas dois vírgula quarenta e três livros são lidos até o final, além disso a gente sabe que é muito fácil conhecer alguém que nunca sequer comprou um livro na vida, por outro lado praticamente todas as pessoas bem sucedidas tem a leitura como um hábito sagrado, elas veem nos livros uma forma de enxergar aquilo que seus olhos não são capazes de enxergar sozinhos, elas veem uma oportunidade de aprender aquilo que ainda não sabem com pessoas que estão num patamar acima delas.

Pois no fundo todo mundo tem algo a aprender com alguém, por mais bem sucedida que essa pessoa seja, a prova disso é que muitos bilionários adoram passar boa parte do seu tempo lendo livros, dá só uma olhada nos exemplos.

Bill Gates ele lê uma média de cinquenta livros por ano, e o motivo está na seguinte constatação, a leitura é minha forma favorita de exercitar a imaginação, apesar de eu ter a sorte de conhecer muitas pessoas interessantes e de poder visitar lugares fascinantes pelo mundo por conta do trabalho, eu ainda acho que os livros são a melhor forma de explorar novos tópicos que te despertam interesse.

Warren Buffet, ele lê uma média de quinhentas páginas por dia usando a leitura dinâmica, essa prática é tão importante para ele que muitas vezes oitenta por cento do seu dia é dedicado somente a isso.

Oprah Winfrey, ela diz que grande parte do seu sucesso veio devido aos livros, seu interesse pela leitura é tão grande que ela tinha até um clube de leitura na TV.

Mark Zuckerberg, em 2015 ele comprometeu a ler pelo menos um livro a cada duas semanas e mesmo que isso pareça um ritmo mais lento que os outros dessa lista, os livros que ele escolhia ler eram geralmente extensos e complexos. A leitura não só traz sentimentos, informações e aprendizado, como também ajuda no desenvolvimento de habilidades muito importantes, mas que estão cada vez mais escassas nos dias atuais.

Tão escassas que podem até ser consideradas como superpoderes por aqueles que as possuem e a partir de agora você vai descobrir quais são.

Primeiro superpoder, autodidatismo, nem todo mundo tem recursos o suficiente para contratar um professor particular ou estudar em uma boa escola, mas esse não é o maior problema, o ensino tradicional das nossas escolas sempre colocam os alunos na posição passiva de aprendizado, o aluno senta na cadeira, só o professor fala e todos ficam ali passivamente tentando digerir todas aquelas informações.

Isso no mundo acelerado de hoje pode ser um problema, as regras do jogo mudam muito rápido, você precisa aprender, reaprender e até desaprender certas informações com muita frequência e a pessoa que consegue fazer isso por conta própria acaba saindo na frente.

A leitura não só estimula o autodidatismo como também a proatividade do leitor, quando ele precisa ou simplesmente tem interesse em aprender um assunto ele quase sempre opta por comprar um livro sobre o tema, pois é a forma mais barata e profunda de se aprender alguma coisa por conta própria.

Não é porque um tema não foi aprofundado ou talvez até não tenha sido ensinado na escola ou num curso que ele ficará sem saber, pois sua fome de conhecimento e sua proatividade despertada pela leitura jamais deixará isso acontecer.

Segundo superpoder, concentração inabalável. Para se ler um livro é necessário estar totalmente presente no agora, coisa que vem sendo cada vez mais rara nos dias atuais e a diferença entre ler um livro e um post na internet, por exemplo, é que no livro você não tem alternativa a não ser ir para a próxima linha, ele te estimula a continuar concentrado na leitura, já em um post não, você tem propagandas em volta e até mesmo no meio do texto.

Sem contar as várias janelas abertas tentando te seduzir a dar uma olhadinha assim que o texto começar a ficar difícil. Como eu disse no vídeo anterior o segredo dos gênios está na habilidade em se manter concentrado em uma tarefa por longos períodos de tempo. Mas para isso é necessário prática e uma das melhores formas de se praticar é lendo livros, pois a concentração é como um músculo, quanto mais você treina, mais forte ela fica.

E esse músculo não só será usado na leitura como também em qualquer outra atividade, assim como o bíceps não é só usado quando você faz a contração com o peso na academia. Em outras palavras, a mesma concentração que foi desenvolvida através da leitura poderá ser usada numa aula online, numa conversa, num treino ou seja lá no que for.

Terceiro superpoder, imaginação aguçada. Uma coisa é certa, a extrema conveniência da tecnologia tem cada vez mais prejudicado a imaginação das pessoas, poucos vão para um canto sozinhos e refletem profundamente sobre algo, as pessoas preferem escrever seus problemas no google e esperar que ele lhes traga uma solução.

Uma imaginação aguçada que todo bilionário tem muito bem desenvolvida que é a capacidade de enxergar coisas que outras pessoas ainda não enxergaram, ou seja, é conseguir antecipar eventuais oportunidades e soluções para problemas que ainda nem sequer existem, mas que em breve aparecerão e ele já estará preparado para isso.

A imaginação é talvez a habilidade mais extraordinária que o cérebro possui, por isso aqueles que tiverem essa habilidade bem desenvolvida serão muito valiosos e por consequência também serão muito bem pagos e adivinha só, o livro é um forte aliado no aprimoramento dessa habilidade, pois nele você não tem referências visuais, é você quem precisa transformar aquelas palavras em imagens na sua mente e quanto mais você pratica, melhor você fica, assim como acontece na analogia que usei para falar da concentração.

Quarto superpoder, domínio da escrita e oratória. Por que é algo que deveria ser tão simples como dominar a escrita e oratória pode ser considerado um superpoder? Afinal, todos nós passamos pelo menos uma década dentro da escola, não é verdade. Bom basta olhar para essas estatísticas você vai entender.

Pesquisas apontam que sessenta por cento dos brasileiros tem pavor de se expor e falar em público e apenas oito por cento sabem se expressar plenamente.

Segundo o instituto Paulo Montenegro cerca de setenta e cinco por cento dos brasileiros entre quinze e sessenta e quatro anos não conseguem ler e escrever de modo satisfatório e pleno. É óbvio que somente a leitura de livros não é a melhor ou a única solução para resolver definitivamente esses problemas, mas sem sombra de dúvidas ajuda muito. Todos vão concordar que a melhor forma de dominar a escrita e oratória é simplesmente escrevendo e falando mais, porém ao ler livros você trabalha essas habilidades de forma secundária e ainda recebe todos os outros benefícios que citei anteriormente.

Depois de já ter lido vários livros você desenvolve uma peça chave tanto para escrita quanto para oratória que é o repertório. Uma pessoa pode não ter uma boa dicção, mas se tiver um repertório vasto ela conseguirá desenrolar muito bem durante a fala e o mesmo funciona para a escrita, as duas coisas acabam fluindo com naturalidade.

Por outro lado, as pessoas com repertório escasso acabam tendo muita dificuldade para concatenar suas ideias, tanto na fala quanto na escrita.

Eu tenho certeza que você deseja desenvolver todos esses superpoderes e você pode, só não será do dia para a noite, mas se praticar a leitura por pelo menos quarenta e cinco minutos por dia é inevitável que eles logo passem a fazer parte de você, pois com esse tempo é bem provável que consiga ler um livro a cada duas semanas.

O que já te colocará a frente da maioria das pessoas, mas se quiser aprender como aumentar sua velocidade de leitura e conseguir ler pelo menos um livro por semana e cinquenta livros por ano, vou deixar na descrição o link de uma aula gratuita que irá te ensinar a fazer isso de uma forma bem simples.

Então corre lá para assistir agora enquanto a aula ainda está no ar, um forte abraço e até a próxima.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright 2020 OxyMade Designs. All rights reserved. Made with 🖤 by OxyMade.
crossmenu