hello world!
Published: 19/04/2021

7 Coisas Que Você Não Deve Contar Para Ninguém

Já percebeu como muitas pessoas sentem a necessidade de contar sobre a sua vida pessoal para os outros? Algumas parecem ser até viciadas em fazer isso, o problema é que na maioria das vezes isso é um verdadeiro tiro no pé, pois a ingenuidade de pensar que todo mundo quer seu bem ou quer te ajudar pode fazer com que você e a sua vida caia num buraco difícil de sair.

Compartilhar sobre a sua vida pessoal só pode ser uma boa ideia se tiver duas condições, primeira há um problema ou situação que você não está conseguindo resolver sozinho, segunda a pessoa que irá ouvir está disposta a te ajudar e tem condições reais para isso, do contrário é melhor ficar de bico fechado mesmo.

Mas de qualquer forma aqui vão as seis principais coisas que no geral você não deve contar para ninguém. Primeira coisa, seus planos e metas. É normal ter planos e metas aparentemente incríveis e querer compartilhar com os outros, afinal a sensação que dá é que as outras pessoas vão se sentir tão entusiasmadas por aquilo quanto você não é verdade? Mas não, a maioria das pessoas não vai valorizar tanto os seus sonhos e metas quanto você, principalmente se forem audaciosas. Isso porque elas podem até querer te ver bem, mas não melhor do que elas.

O principal problema é que as pessoas contam planos e metas super ambiciosas para pessoas que não tem planos nem para o dia seguinte, pessoas que vagam pela vida fazendo um papel de paisagem sem ambição e sem propósito.

Nessa ocasião o mais provável de acontecer é elas tentarem reduzir o tamanho do seu sonho para que não se sintam tão mal em não sonhar com nada ou fingir que estão do seu lado e te esculachar para todos quando você virar as costas.

Outro problema é que o fato de todo mundo saber seus planos cria em você uma necessidade de continuar insistindo em coisas que definitivamente não funcionam ou que simplesmente perderam o seu interesse e você pode acabar fazendo isso só para não pegar mal para sua imagem.

Quando seus planos e metas estão guardados com sigilo, você não se preocupa em desistir de algo que comprovadamente não funciona, pois é como plantar semente no asfalto e o bom é que não vai ter ninguém para criticar essa decisão. Então ao invés de sair contando seus planos e metas por aí, simplesmente coloque-os no papel, visualize-os, execute-os em silêncio e deixe que seus resultados falem por você.

Segunda coisa, suas conquistas e boas ações. Não tem problema em responder essas coisas quando se é perguntado, mas uma pessoa que não perde a oportunidade de se vangloriar o tempo todo pelas suas conquistas e suas boas ações demonstra uma enorme necessidade de ter seu ego acariciado.

As pessoas vão te respeitar muito mais se souberem das suas conquistas e boas ações por conta própria do que se essas informações tiverem saído da sua boca sem que tenham sido perguntadas. É verdade que ao compartilhar essas coisas, você pode acabar inspirando outras pessoas a conquistarem seus próprios objetivos e a fazerem boas ações também, mas se for compartilhar, faça isso com cautela.

Terceira coisa, o quanto você ganha. Apesar de não ser muito comum, várias pessoas ainda arriscam contar aos outros o quanto ganham pela ingenuidade de pensar que não tem problema, principalmente no ambiente de trabalho, mas o problema é que essa informação pode facilmente se converter em inveja e você sabe, pessoas invejosas são os piores tipos de pessoas para se ter por perto.

Então é bom não dar um motivo a mais para entrar no radar delas. Se você ganhar bem, ótimo, desfrute do seu dinheiro em silêncio, pois para muitos ser rico ou ganhar bem é considerado quase um crime ou uma injustiça contra os mais pobres, infelizmente.

Quarta coisa, sua opinião negativa sobre os outros. Se alguém descobrir que você falou dela para outra pessoa, parabéns, ela vai gostar mais de você, mas se essa pessoa descobrir que você falou mal dela, parabéns, você acaba de arrumar um inimigo.

Eu nunca vi uma conversa negativa sobre terceiros levar a um resultado positivo, o clima fica pesado, as pessoas se estressam a toa e aquele que foi criticado nem teve a chance de se defender.

Muita gente entra nesse papo quando não tem mais nada de importante para falar ou simplesmente porque é viciada nisso, então se alguém se aproximar de você com essa conversa, não alimente, dessa forma ela vai ter que procurar alguma outra vítima para alimentar seu próprio vício.

Quinta coisa, seus problemas pessoais. Quem aí adora ouvir os problemas pessoais dos outros levanta a mão. Pois é, as pessoas podem até fingir que estão interessadas, mas no fundo ninguém quer saber dos seus problemas pessoais, pois todo mundo já está atolado até o pescoço com os próprios.

Só que o pior de tudo é que a maioria das pessoas que reclamam dos seus problemas para os outros estão cem por cento interessadas em gastar saliva mas zero por cento interessadas em de fato resolver o problema. Então não seja como a maioria, só compartilhe essas coisas sob as condições que citei lá no começo, do contrário você vai sair da conversa sem a solução do problema e ainda por cima com fama de reclamão.

Sexta coisa, seus segredos e os dos outros. Se uma pessoa se sentiu confortável o suficiente para compartilhar um segredo com você, significa que a partir desse momento existe uma coisa muito rara e valiosa em jogo, a confiança.

Então não vale a pena compartilhar o segredo de outra pessoa, mesmo que seja com a melhor das intenções, pois o risco de você destruir um bom relacionamento nessa brincadeira é muito grande, e isso também vale para os seus próprios segredos, pois a única forma de ter cem por cento de certeza de que eles não serão vazados é os mantendo somente com você, então se decidir compartilhar, esteja disposto a assumir os riscos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright 2020 OxyMade Designs. All rights reserved. Made with 🖤 by OxyMade.
crossmenu